25/02/2007

Como viver a Quaresma

1. Arrependendo-me dos meus pecados e confesso-me. É preciso reconhecer que ofendi a Deus e manifestar-lhe o arrependimento. Este é um bom momento do ano para realizar uma confissão bem preparada e do fundo do coração. Confronte a sua vida com os mandamentos de Deus e da Igreja para poder fazer uma boa confissão. Sirva-se de um livro para estruturar a sua confissão. Busque tempo para realizá-la.


2. Lutando para mudar: Analise a sua conduta para conhecer no que têm falhado. Faça propósitos para cumprir dia a dia e revise à noite se os alcançou. Lembre-se de não colocar muitos propósitos porque será muito difícil cumpri-los todos . As escadas sobem-se de degrau em degrau, não se podem subir todas de uma só vez. Conheça qual é o seu defeito dominante e faça um plano para lutar contra ele. O seu plano deve ser realista, práctico e concreto para poder cumpri-lo.




3. Fazer sacrificios: A palavra sacrifício vem do latim sacrum-facere, significa "tornar sagrado". Então, fazer um sacrifício é fazer alguma coisa sagrada, quer dizer, oferecê-la por amor a Deus, porque o ama, coisas que dão trabalho. Por exemplo, ser amável com um vizinho com quem você não simpatiza ou ajudar alguém em seu trabalho. A cada um de nós há algo que nos custa fazer na vida de todos os dias. Se oferecemos isto a Deus por amor, estamo a fazer sacrifício.




4. Oração: Aproveite estes dias para rezar, para conversar com Deus, para dizer-lhe que O ama e que quer estar com Ele. Pode ser útil um bom livro de meditação para Quaresma. Pode ler na Bíblia passagens relacionadas com a quaresma.

1 comentário:

Mensagens Diárias disse...

Gostei muito do seu blog. Voltarei com calma para poder ler seus textos. A paz de Cristo e o amor de Maria!